Menu

pumacity_2

Vitrine de contêiner

Uma grande vitrine de contêiner. Essa é uma das funções atribuídas às caixas de aço. Sua utilização em eventos e exposições caiu no gosto das empresas. A possibilidade de adequar as estruturas à demanda do cliente é um diferencial, além do custo reduzido e da mobilidade.

No caso da Puma City, 24 contêineres de 40 pés (12 metros) foram utilizados para dar forma ao projeto ousado. Nos três andares, as gigantes caixas de aço foram instaladas de forma a possibilitar a criação de espaços ao ar livre.

A estrutura é composta por lojas, escritórios, lounge, estoque, bar, além de um espaço para eventos. No topo, ainda tem o terraço. Todo a construção é modular, de forma que é possível desmontar e montar novamente em outro lugar. Quem assina o projeto é o Lot-ek Studio.

Oportunidade dentro e fora do contêiner

Nessas ações de marketing, a ideia é estreitar a relação da empresa com o consumidor. Os contêineres são customizados de acordo com necessidades de cada evento. Além do enorme apelo visual, toda construção é feita pensando em garantir conforto aos clientes.

Outra possibilidade é transformar os contêineres em vitrines, para expor produtos e serviços em locais mais afastados dos grandes centros comerciais. Artistas também aproveitam esses espaços para apresentar suas obras e assim aproximar suas peças do grande público.

Puma City - loja de contêiner

Puma City – O topo da construção conta com um terraço sobre um espaço para eventos, lounge e bar

Puma City - loja de contêiner

Puma City – As áreas das lojas têm o teto mais alto, dando a sensação de amplitude para o visitante

Puma City - loja de contêiner

Puma City – A estrutura pode ser completamente removida e instalada em outro lugar

Puma City - loja de contêiner

Puma City – O segundo piso da megaestrutura abriga escritórios, além de estoque e espaço para eventos

Puma City - loja de contêiner

Puma City – O primeiro piso abriga as lojas da marca